sábado, 13 de fevereiro de 2010

ENUNCIADO*

Vou ficar
até que a palavra tome rumo,
até que o corpo tome prumo:
de presença.

Vou ficar
até que a palavra perca o gosto
e a canção seja charque e me encharquede sol:
carnes em claves

Vou ficar até que o dia me chame com charme,
me acorde com beijos de sul e ventos de norte...
Eu acho que é sorte! [

Vou ficar
até que a língua saiba de tudo,
e o meu corpo tão mudo: enudeça tua voz.

Vou ficar...Vou ficar... em nós.

by Lu

4 comentários:

Gilson Fox disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gilson Fox disse...

Oi Luh!
Suas palavras são lindas, vez por outra me refrescam...
bjão....
paz....

Aroeira disse...

nossa! muito legal. saudades de vc tb. que bom que vc apareceu. vamos trocar figurinhas. sempre que leio ou escuto sobre mirassol, me lembro de vc.
bjão

BLOG DO PROFEX disse...

Lu, gostei demais dos seus textos, menina. Tem aquela pegada! E um ritmo muito gostoso. Parabéns. Abraços!